sábado, 30 de março de 2013

Principais Cidades


  • Boa Vista, a capital do estado, é a única capital estadual brasileira situada no Hemisfério Norte. A cidade é desenhada em forma de leque, com ruas largas, bem iluminadas, e com as principais avenidas seguindo para o Centro Cívico, onde situa-se os principais monumentos da cidade. É a única cidade roraimense que possui mais de 100 000 habitantes.
  • Rorainópolis é o principal centro urbano do sul do estado. Além de abrigar grande parte do potencial agrícola, que segundo as condições climáticas, possibilitam o cultivo de inúmeros produtos, entre os quais o café, cacau, cana-de-açúcar, arroz, feijão, milho, mandica e pastagens, o município destaca-se ainda por possuir grandes atrações turísticas naturais, como a Corredeira do Jauperi, a Pedra da Linha do Equador, o rio Anauá e a ilha de Santa Maria do Boiaçu.
  • Caracaraí, que surgiu como um local de embarque de gado para Manaus. Os animais desciam até a Boca da estrada, onde iniciam-se as Corredeiras do Bem-Querer. Ali eram desembarcados e tangidos até um curral no porto municipal, onde eram embarcados ao matadouro de Manaus.
  • Alto Alegre, um dos principais municípios roraimenses, distante 89 quilômetros da capital estadual. Destaca-se por ser um dos únicos centros urbanos no noroeste do estado, com 16 286 habitantes ,fazendo fronteira com a Venezuela.
  • Mucajaí, município do centro-sul do estado, vem obtendo crescimento econômico com a produção, manipulação e beneficiamento do arrozmadeira,abacaximamãogadoleite e milho, além da mineração. Seu nome provém do rio Mucajaí, este afluente do rio Branco. Além disto, o alto do Rio Mucajaí possui potencial hidroelétrico, destacando-se a cachoeira do Paredão, onde já foi tentada a construção de uma usina hidroelétrica.
  • Paracaima, o município brasileiro mais próximo aos municípios da Venezuela. Destaca-se por abrigar o Sítio Arqueológico da Pedra Pintada. Localizado na BR-174, mais precisamente na Área Indígena de São Marcos, o sítio arqueológico possui altura de 40 metros e diâmetro de aproximadamente 60 metros. A Pedra Pintada foi abrigo de civilizações há muito desaparecidas. Na caverna existente, há várias pinturas que representam cenas do cotidiano dessas civilizações. Próximo à pedra, existem ainda outras formações: Pedra do Pereira, Pedra do Peixe, Pedra do Perdiz, Pedra do Machado e Pedra da Diamantina que, juntas, formam o Sítio Arqueológico da Pedra Pintada, bastante visitado por turistas.[76]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário